Pesquise no Blog

Assinar Feed Assinantes

Seguir no Twitter Seguidores

Artigos publicados Artigos

Comentários recebidos Comentários

quarta-feira, 10 de março de 2010

50 clichês para usar quando não há o que se dizer


Você tem problemas de comunicação? Lhe ocorre de ficar aflito(a) à mesa ou em qualquer ambiente social, principalmente com estranhos, por não ter o que falar? E quando acontecem os brancos, longos silêncios constrangedores? Tranquilize-se. Seus problemas acabaram.



Acabou de ser lançado o livro "O Pai dos Burros - Dicionário de Lugares-Comuns e Frases Feitas" - Humberto Werneck - editora Arquipélago - 208 páginas. São, ao todo, 4,5 mil clichês, divididos em 2 mil verbetes. As palavras que mais se prestam a clichês, conforme o dicionário, são: 'tempo' (com 30 frases feitas), 'vida' (35 citações) e 'mão' (47 registros).

Quando eu era analista de OeM e trabalhava em banco, um dos meus chefes, assim que o dicionário Aurélio novinho chegou, fez uma caprichada capa para proteger a edição e não hesitou: colocou em letras garrafais - "Pai dos Burro!". 





Abaixo, uma relação de frases feitas para usar no dia-a-dia quando não há mais nada a dizer. Tudo bem que seria melhor entra mudo e sair pelado, como gosto de dizer, ou considerar ao menos o batido "a palavra é de prata e o silêncio é de ouro". Mas, para que permanecer em silêncio se as palavras estão aí, à mão, prontas para serem expelidas em frases de gosto duvidoso?

- É uma mão na roda
- É de tirar o chapéu
- Cairá como uma bomba
- Não brinca em serviço
- Tal pessoa fala bonito
- As palavras lhe saíram da boca para fora
- É uma ideia luminosa
- Meteu os pés pelas mãos
- Saiu com uma mão na frente e outra atrás
- Lavo as minhas mãos
- Você sempre passa a mão nele(a)
- O tiro saiu pela culatra
- Todos deram com os burros n'água
- Jurar de pés juntos
- Num futuro próximo
- O futebol é uma caixinha de surpresas
- Ter um grande futuro pela frente
- Aproveitar o ensejo
- Com a voz embargada pela emoção
- Por 'n' motivos

A seguir, apenas com a palavra 'vida'

- A vida começa aos quarenta
- A vida é um livro aberto
- A vida é feita de pequenas coisas
- A vida está por um fio
- A vida imita a arte
- Agruras da vida
- Armadilhas que a vida nos reserva
- Batalha pela vida
- Celebração da vida
- Com a vida que pediu a Deus
- Dar sinal de vida
- De bem com a vida
- Despedir-se da vida
- Estar com a vida ganha
- Fazer a vida
- Ganhar a vida
- Levar vida doméstica
- Luta pela vida
- Outono da vida
- Primavera da vida
- Progredir na vida
- Projeto de vida
- Que fizemos nós de nossas vidas?
- São coisas da vida
- Subir na vida
- Ter a vida ceifada
- Ter toda uma vida pela frente
- Tirar a vida
- Um sopro de vida
- Uma vida devotada aos outros
- Vida airada
- Vida fácil
- Vida pacata
- Vida pregressa
- Vida que daria um romance
Por uma Second Life vida menos ordinária (acréscimo meu)

Basta que você coloque a frase no contexto certo e já pode dizer que tem conteúdo. Afinal, o mundo é dos espertos e quem cala, consente. Por outro lado, quem tem boca vai a Roma e, talvez, seja melhor falar do que calar. Ainda que sejam apenas asneiras.

7 comentários:

  1. quem tem boca VAIA a roma

    ResponderExcluir
  2. Frist?

    BARREIRA ANTI PAU NO CU DO FRIST
    ##################################
    -X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-

    ResponderExcluir
  3. first

    o certo é "quem tem boca vaia roma". no sentido de vaia, de falar mal..

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails